Quem foi Bill Mollison, o pai da Permacultura

  • 26 de Setembro de 2016

Neste sábado, faleceu aos 88 anos um dos pais da Permacultura, Bill Mollison. A notícia teve repercussão nula na imprensa brasileira. Por isso, traduzimos uma matéria do site La Bio Guia:

---

No dia 24 de setembro morreu Bill Mollison, mais conhecido como "O pai da Permacultura", um homem que todas as pessoas que deveria ser conhecido por todos que buscam viver de uma forma mais amistosa com o ambiente e aproveitar melhor os recursos, preservando-os para o futuro. Junto com David Holmgren, Mollison foi o inventor do termo permacultura. Usaram a palavra para descrever "um sistema integrado e evolutivo de plantas perenes ou autoperpetuantes e de espécies animais úteis para o homem".

Com o tempo, o conceito de permacultura foi evoluindo e sendo ampliado. O mesmo Holmgren a descrevia atualmente como "o desenho consciente de paisagens que imitam os padrões e as relações da natureza, enquanto proporcionam alimento, fibras e energia abundantes para satisfazer as necessidades locais". Em outras palavras, Permacultura é o desenho de sistemas de produção de alimentos que não danifiquem o ambiente, como a agricultura intensiva faz.

Mas... quem foi realmente esse homem? Mollison cresceu em Stanley, na Tasmânia (Austrália), e deixou a escola aos 15 anos para ajudar a sua família. Durante 10 anos passou por muitas ocupações diferentes: pescador, marinheiro, caçador, empregado de moinho, motorista de trator, engenheiro florestal e naturalista. Ainda que não teve uma educação formal, suas ânsias de aprender e sua curiosidade infinita o levaram a incorporar de maneira informal muitos conhecimentos sobre a natureza e a produção agrícola, os temas que mais o apaixonavam.

Quando começou a descobrir as tramas que haviam por trás da agricultura, o dano que se fazia ao planeta para se obter uma maior produção, Mollison se converteu em um crítico radical dos sistemas industriais e políticos que estavam destruindo, material e socialmente, todos os cantos do planeta que ele pôde visitar. Entretanto, jamais ficou numa mera posição de crítico, como ele explicava: "Essa oposição não serve de nada [...], não queria me opor a nada e perder meu tempo. Queria voltar só com algo muito positivo, algo que permitisse a todos viver sem o colapso total dos sistemas biológicos".

Mais adiante, em 1954, Bill se uniu à CSIRO (sigla em inglês para Organização de Pesquisa da Comunidade Científica e Industrial) e ali se formou como pesquisador. Estudando as pragas de lagosta e as doenças dos coelhos, Mollison se familiarizou com a ecologia científica. Mas a ideia de que poderíamos desenhar conscientemente sistemas sustentáveis que permitissem aos seres humanos viver dentro de suas possibilidades e em harmonia com a vida silvestre era o que realmente o motivava. Essa ideia ainda não tinha nome, então Mollison inventou um.

Permacultura significa "Agricultura ou cultura permanente". O conceito remete a uma produção sustentável, contínua, infinita. A agricultura moderna origina uma grave sobre-exploração e erosão do solo, causa um descenso da produtividade pela má drenagem, e tem um efeito poluidor ao empregar um uso excessivo de combustíveis fósseis e fertilizantes e praguicidas. Também incide na deflorestação, propaga nitratos nos aquíferos subterrâneos e contribui para a perda da diversidade genética das espécies cultivadas e o desaparecimetno de variedades locais, entre outros danos ao planeta. A permacultural é todo o contrário.

Para Mollison, uma agricultura capaz de melhorar a alimentação das grandes populações humanas tinha que ser ao mesmo tempo respeitosa com o território e sustentável a longo prazo. Caso contrário, estaria se contradizendo. O conceito harmônico de permacultura buscava chegar a esse equilíbrio.

Na permacultura se utilizam menos materiais (e máquinas), por isso a exploração é menos custosa, tem um impacto benéfico no meio, e se produzem frutas, cereais ou verduras de maior qualidade e singularidade genética. Diante da grande indústria agroalimentar, centrada no rendimento massivo e insaciável, a permacultura é uma verdadeira revolução.

Mollison abandonou este mundo há poucos dias, mas sua mensagem de transformação e o chamado a produzir nossos alimentos de uma maneira respeitosa e sustentável está mais vigente que nunca: enquanto ele nos deixava, uma das maiores farmacêuticas do mundo comprava uma multinacional suspeita de adoecer as pessoas que alimenta. Hoje é o momento em que estã sendo decidido como as próximas gerações se alimentarão, e muitas coisas estão em jogo. Só com informação e consciência será possível mudar o rumbo que os fatos estão tomando.


FONTES:


Compartilhe esse artigo:

Comentários

Tialisson Varela

28 de Novembro de 2016

Boa Tarde, eu sou estudante, e essa técnica e manejo de PERMACULTURA é muito importante para qualquer espaço, é uma das formas de tornar o espaço mais sustentável, e fazer com que o nosso planeta se torne melhor a cada dia. queria ter conhecido esse grande homem, por ter tido essa ideia de cuidar do nosso espaço.

Últimas notícias


RAIZ AVANÇA EM SUA 7ª TEIA NACIONAL

  • 22 de Maio de 2017

Realizada em 19 e 20 de maio de 2017, em Fortaleza, a 7ª Teia Nacional Presencial representou um importante momento ...Leia mais




Teia Estadual de São Paulo será dia 6 de maio

  • 25 de Abril de 2017

O objetivo é fazer um debate prévio dos temas e assuntos a serem tratados na Teia Nacional.Leia mais




Dois anos sem Eduardo Galeano: "RECORDAR: Do latim re-cordis, voltar a passar pelo coração..."

  • 13 de Abril de 2017

Em tempos de intolerância e injustiças recordar e voltar a ler Galeano é sempre um sopro de esperança.Leia mais

Princípios da RAiZ

UBUNTU

“Eu sou porque você é”, “nós somos porque você é e eu sou”. Importante é a dignidade de todas as pessoas.

Leia mais

TEKO PORÃ

Somos “parte” da natureza e, para nossa própria sobrevivência como espécie, há que romper de uma vez por todas com a ideia de que podemos continuar vivendo “à parte” da natureza.

Leia mais

ECOSSOCIALISMO

Não temos o direito de seguir roubando o futuro dos que estão por vir. Para reverter este processo, o único caminho é a Revolução Ecológica.

Leia mais

CONSENSO PROGRESSIVO

Você sabe o que é Consenso Progressivo ? Veja aqui o GUIA que preparamos.

Leia mais

Entre em contato

© 2017. «Raiz Cidadanista».