Histórico da RAiZ - Movimento Cidadanista

  • 17 de Julho de 2015

 

Nossas Raízes são profundas e diversas. Surgem com o Teko Porã dos Guarani, o Bem Viver e a busca por uma Terra sem Males; o SER mais importante que o TER, presente no pensar e no agir de cada um de nossos povos originários. Nascem no outro lado do Atlântico, na África, vieram junto com a gente escravizada em holocausto; são raízes presentes na sabedoria dos Griôs, dos mestres da ancestralidade e que formam a ética e a filosofia UBUNTU: “Eu sou porque nós somos”. Também vem do “Além mar”, com os “portugueses à solta”, o espírito aventureiro que nessas terras foi misturando e juntando a povos, ameríndios, africanos, europeus, árabes, judeus, asiáticos; ora conquistando, dominando, explorando, ora sonhando, compartilhando e unindo; assim assumimos por RAiZ os ideais de liberdade, igualdade e fraternidade, a raiz do socialismo, agora transformada na necessária convivência entre ambiente e sociedade através do ECOSSOCIALISMO.

A partir de nossos povos Matriz, que brotam do fundo de nossa alma, formamos nossa RAiZ, nossa história, nossos ideais: TEKO PORÃ, UBUNTU e ECOSSOCIALISMO.

Brotamos de muitos lugares, muitas experiências e muitos sonhos. E nos juntamos em RAiZ! Alguns de nós seguem em luta desde antes da ditadura militar, defendendo os direitos do povo, a reforma agrária, a cultura popular e uma educação que emancipa. Outros brotaram em plena ditadura, lutando contra ela, por democracia, paz e justiça. Também emergiram com a Constituição Cidadã, os movimentos sociais, as lutas ambientais e a redução das desigualdades. E mais gente chegando, jovens, muitos jovens, indignados com a falta de ética, a mercantilização da política e o desprezo pelo bem comum. E mais se chegam e mais se juntam. Assim formamos a RAiZ.

Como RAiZ recente, pouco antes, alguns apoiaram a candidatura de Marina Silva em 2014 e estiveram tecendo a REDE em uma nova Forma Partido, em que sustentabilidade e horizontalidade estivessem presentes. Não deu certo, e entre o primeiro e segundo turnos das eleições presidenciais, decidiram começar de novo. De início, uma ideia: ir avante, pela esquerda. E, de uns poucos que decidiram recomeçar, outros se juntaram logo no início, por diversas origens políticas e no movimento social, sejam aqueles que já vinham de experiências anteriores ou os que, na busca pelo bem comum não se enquadram em nenhum “ista”. Como ponto de entrelaçamento em RAiZ, a busca pelo bem comum para todas as gentes, para todas as cores e a convicção de que é preciso seguir lutando. E muitos jovens, principalmente aqueles que emergiram nas Jornadas de Junho de 2013. E estava formado o coletivo AVANTE!

Isto foi entre novembro de 2014 e março de 2015. Como meio de inclusão, as redes sociais, em que, a partir da confiança, um convidava o outro. Surgem os primeiros encontros, ainda com poucas pessoas, dois em São Paulo, outro no Rio de Janeiro. Em janeiro de 2015, um Seminário para estudar as novas de organização partidária experimentadas na Europa, os Partidos-Movimento como PODEMOS, SYRIZA, LIVRE. Mais pessoas se juntam.

Brota a nossa Carta CIDADANISTA, nosso ideário, em que Cidadanismo é o ato de buscar uma cidadania emancipada, resgatando o sentido do Comum. Foi em 8 de março de 2015, no dia da mulher, quando realizamos nosso quarto encontro, em São Paulo. Neste dia também decidimos que nosso nome deveria ser outro, acolhedor, orgânico, cuidador. Inspirados em uma fala de Luiza Erundina, encontramos nosso nome, a RAiZ, assim mesmo, no feminino, não mais o Partido, mas a Inteira, de inteireza. Neste dia também decidimos tomar medidas para a formalização da RAiZ como um Partido-Movimento.

Mais gente se entrelaçando em RAiZ. Muita dedicação, muito trabalho voluntário, muito afeto e colaboração, coisas que não se mensuram, até porque não são coisas e sim gestos; o vídeo-resumo da Carta Cidadanista, a organização dos cadastros e formas de participação em rede, a logomarca da RAiZ, as imagens, as artes, os primeiros posicionamentos, os debates internos e acalorados, a vontade de encontrar caminhos, as escolhas, os acordos de convivência, as ações. A comunicação compartilhada e a apresentação pública da Carta Cidadanista. E gente chegando. Em abril de 2015 já estávamos em 23 estados do Brasil.

Precisávamos de um Estatuto. Fizemos. Um Estatuto explicitando princípios, valores, direitos, deveres e vedações; um Estatuto para exercitar a convivência democrática, a autonomia, o protagonismo e a confiança entre iguais; um Estatuto para filiados e colaboradores, entrelaçando Círculos, Esferas e Teias, e, sobretudo, gente a buscar tecer novos processos de inteligência coletiva e colaboração. Já era o quinto encontro nacional, realizado nos dias 13 e 14 de junho de 2015, na cidade de Campinas. Mais gente chegando.

Mas ainda há muito por cultivar e mais gente por chegar. Para que a RAiZ brote forte precisamos nos enraizar mais, nos encontrar mais, nos unir. E assim seguimos em jardinagem, com muitos encontros, muitos Círculos, de territoriais a temáticos, por bairros, cidades ou áreas de interesse, de economia e educação aos direitos animais e à nova era aquariana. Tod@s que desejam mudar o Brasil e resgatar o sentido do bem comum cabem na RAiZ. Cabem porque a RAiZ brota de nossa alma brasileira, em que a Potência e o Afeto vencerão o ódio e a desesperança.

Entre 5 e 7 de setembro de 2015, novo encontro nacional, agora com o nome de Primeira TEIA Nacional. Por pauta, a conjuntura política, a busca por rumos e saídas para uma ALTERNATIVA POPULAR. Também a organização, o planejamento para que a RAiZ brote com força até nossa fundação como Partido-Movimento, que aconteceu em janeiro de 2016, no Fórum Social Temático em Porto Alegre. Isso porque, nós da RAiZ, acreditamos que “um outro mundo é possível” com ele sonhamos e por ele lutamos.

 


Compartilhe esse artigo:

Últimas notícias


Carta em defesa da posição histórica do Brasil sobre offsets florestais

  • 18 de Julho de 2017

Organizações sociais brasileiras publicam carta contra as falsas soluções para enfrentamento da crise climática.Leia mais




RAIZ AVANÇA EM SUA 7ª TEIA NACIONAL

  • 22 de Maio de 2017

Realizada em 19 e 20 de maio de 2017, em Fortaleza, a 7ª Teia Nacional Presencial representou um importante momento ...Leia mais




Teia Estadual de São Paulo será dia 6 de maio

  • 25 de Abril de 2017

O objetivo é fazer um debate prévio dos temas e assuntos a serem tratados na Teia Nacional.Leia mais

Princípios da RAiZ

UBUNTU

“Eu sou porque você é”, “nós somos porque você é e eu sou”. Importante é a dignidade de todas as pessoas.

Leia mais

TEKO PORÃ

Somos “parte” da natureza e, para nossa própria sobrevivência como espécie, há que romper de uma vez por todas com a ideia de que podemos continuar vivendo “à parte” da natureza.

Leia mais

ECOSSOCIALISMO

Não temos o direito de seguir roubando o futuro dos que estão por vir. Para reverter este processo, o único caminho é a Revolução Ecológica.

Leia mais

CONSENSO PROGRESSIVO

Você sabe o que é Consenso Progressivo ? Veja aqui o GUIA que preparamos.

Leia mais

Entre em contato

© 2017. «Raiz Cidadanista».